Como ter um ministério relevante no Berçário Cyntia Bernardes e Silmara Camilo Leite



Download 96.35 Kb.
Date31.01.2017
Size96.35 Kb.

Como ter um ministério relevante no Berçário

Cyntia Bernardes e Silmara Camilo Leite

As oportunidades de ministrar a palavra de Deus aos bebês são inúmeras, você pode utilizar os momentos do cotidiano do bebê como a troca de fraldas, a hora do banho ou da papinha para demonstrar a ele o quanto é amado e protegido por Deus.

No primeiro ano de vida as habilidades se desenvolvem com a maior facilidade e qualidade, é uma fase de grande descoberta e contemplação.

Percebem as mãozinhas, brincam segurando os pezinhos, distinguem cores, aguçam o paladar, desenvolvem o toque, aprendem a fazer barulho e gostam dos “sonzinhos” que fazem, começam a demonstrar vontade própria.

Para sentirem-se seguros e protegidos precisam de rotina, o ideal é que sejam sempre as mesmas pessoas para recebe-los.

É importante ter voluntários em escalas fixas, que tenham experiências com bebês , facilitam a adaptação e criam vínculos , passando conforto e segurança.

A importância da líder ao recepcionar os bebês é que passa maior credibilidade, por conhecer o bebê e seu responsável pelo nome e saber seus hábitos, e também oferecendo suporte aos visitantes, convidando-os na primeira visita a conhecer o espaço e explicando rapidamente como funciona o berçário.

O ambiente deve ser limpo, aconchegante, simples e colorido, agradável aos olhos! Seguro, com tomadas protegidas, barras de apoio, onde possam se movimentar com liberdade, mexer em tudo e até se admirar no espelho.

É nesta fase de grande aprendizado e maravilhamento que se deve dar início ao hábito de ouvir sobre a palavra de Deus.

Silmara Camillo Leite

Ignição Baby

O desenvolvimento da criança obedece padrões muito mais rígidos do que se imagina. Até o primeiro ano de vida, as janelas escancaradas são as dos __________

"A criança está aberta para receber", são como esponjinhas _______________tudo ao seu redor. Contar histórias, por música na vitrola, agarrar e beijar, brincar com a fala, tudo isso são ________________ que ajudam o aperfeiçoamento das ligações neurais das regiões sensoriais do cérebro.

É um processo que dura ________________ quando se ligam os circuitos da compreensão, chamada de "intelectual" das frases. Nessa idade, quanto mais vocábulos a criança ouve, mais rica será a sua expressividade lingüística na fase adulta.

Jesus ia crescendo em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens” Lucas 2.52

Janelas do Aprendizado Cheri Fuller


Características físicas e motoras de crianças de 0 a 2 anos:
a) Recém nascido

- Passa a maior parte do tempo deitado, normalmente em posição __________

- Se colocado de bruços, pode levantar e virar a cabeça para respirar.

- Quase não existe atividade __________


b) 3º ao 6º mês

- Tem maior controle sobre a cabeça e mantém o tronco erguido

- Olha tudo a sua volta com ____________

- Começa a __________pessoas que não são de seu convívio diário

- Nessa fase, chocalhos e argolas coloridas serão muito apreciados
c) 6º ao 9º mês

- Sustenta a cabeça e senta com o tronco ereto

- Inclina para frente para pegar o que lhe interessa e rolam

- Preferem o chão a colo

- Surgem os primeiros dentinhos

- São recomendados__________ grandes o suficiente para não serem engolidos, sem partes descartáveis e pontiagudas, de cores vivas.


d) 9º ao 12º mês

- Engatinha e ensaia os primeiros __________

- Seu desenvolvimento psicomotor avança, aumenta seus movimentos e tudo a

sua volta vira __________

- Balbucia algumas palavras

- Domina muitas habilidades motoras, associa ações para conseguir o que

quer, enfim, tem uma grande quantidade de __________

- Nesta fase, precisa de vigilância dobrada e também de receber do seu meio

sinais sobre se pode ou não fazer o que deseja. Usam-se muito as__________

faciais para corrigi-lo.


e) A partir dos 12 meses
- Andam, abaixam e ficam eretos rapidamente sem cair

- Surgem as primeiras ___________ e assimilam sons com gestos

- Imitam os adultos

- Tem controle esfincteriano, deixam as fraldas

- No final do primeiro ano de vida e início do segundo, o bebê começa a criar sons específicos para representar as pessoas, situações ou objetos que estão à sua volta. Ele é capaz de dar significado aos sons que produz. Por isso, é importante ___________ bastante com a criança

Recepção

- Manter pessoas __________para recebê-los transmite__________

- Seja____________, demonstre que tem interesse que o bebê fique no espaço,

pergunte sobre hábitos do bebê, se tem alguma recomendação e anote.

- Faça uma breve__________, olhe rostinho, verifique se há algo diferente.

- __________ o bebê e seus pertences

- Entregue o bebê a uma voluntária, informando o ________________que está chegando.

- Bebê precisa de __________, situações conhecidas lhe trazem _______________



Cuidados com o bebê

- Verificar se o bebê tem alguma ______________(não pode tomar leite e derivados,

exclusivamente leite materno, etc)

- Se tem___________ para mamadeira ou comidinha

- Ao alimentar _____agradecendo pela comidinha, __________fale do amor de Deus, como é bom o papá da mamãe, gostoso, coloridinho, cheiroso, etc

- Ao _______________sorria, brinque, elogie, acaricie, converse

- ________________antes e após cada troca de fraldas

- Como uma maneira de informar aos pais, a cada troca colamos na fralda o selo _______________



Relacionamento com o bebê

- Chame-o pelo nome, não perca oportunidade para _____________

- Fale de Deus explique que tudo temos foi o Senhor que nos deu,_______ sobre as cores,

formas, texturas, ensine-o a ter comunhão com os amiguinhos, a compartilhar brinquedos, a

fazer carinho, dividir o biscoitinho, etc. Demonstre o quanto ele é ___________________

- Ao corrigir __________da altura do bebê e fale olhando em seus olhos, seja __________

- Bebês aprendem muito __________as expressões do __________

A Jornada

A cada trimestre realizamos um encontro especial para apresentar o maternal para os bebês que completaram 2 anos.

A família é convidada a participar com o bebê da Hora do Tapete, se despedindo do berçário e depois uma gincana divertida para conhecer o novo espaço.

Assim que os bebês chegam ao maternal são recebidos com ________________e ganham um presentinho.

Finalizando com um gostoso lanchinho.

“Vinde a mim os pequeninos porque deles é o Reino dos Céus “ Lucas 18:16



Desenvolvimento espiritual

Maravilhamento

As crianças ficam naturalmente maravilhadas, seja pelo fato da grama ser verde e não roxa, por não termos rodas no lugar de pernas, por Deus ter feito os pássaros voarem e nós não.

O maravilhamento atrai com uma força irresistível para o objeto que os deixa perplexos.
- Maravilhamento é _____________algo que vai muito além de qualquer coisa que já se viu.

“ Cantem ao Senhor um cântico novo, pois ele fez coisas maravilhosas “ Salmo 98.1

- Um dos primeiros lugares em que as crianças ficam maravilhadas e sentem a presença de Deus é a natureza, as vezes as coisas mais simples são as que causam maior impacto.

“ Pois nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos ou soberanias, poderes ou autoridades, todas as coisas foram criadas por ele e para ele”. Col1.16


Como encorajar o maravilhamento


Através dos _______________e o meio ambiente.

“Tu Senhor e Deus nosso, és digno de receber a glória, a honra e o poder, porque criaste todas as coisas e por tua vontade elas existem e foram criadas“. Ap 4.11



A maravilha de ______________(tato)

Permitir que o bebê perceba através do toque as diferente formas, consistências, tamanho, animais , quente, frio. Além de ser estimulante, o ajudará a ficar mais atento .


A maravilha do _________(olfato)

Chame a atenção do bebê para os cheiros do alimentos, do sabonete na hora do banho, da terra molhada com a chuva, o perfume que as flores exalam.



A maravilha da _________(visão)

Fale e demonstre sobre as cores , o sol, a lua, estrelas, mar, árvores, flores, animais, pessoas.


A maravilha dos ___________(audição)


Através de instrumentos musicais, sirene, música , sons de animais, chuva, voz alta e baixa.

A maravilha dos ___________(paladar)

Através de água, suco, frutas, leite, doce, salgado, azedo.

Você pode não conseguir um efeito imediato mas lembre-se: o alvo não é o imediato mas sim o eterno!

Ministração da palavra – Hora do Tapete
Trabalhamos o maravilhamento no currículo 5 palavras, associadas aos 5 propósitos com temas repetidos por 2 domingos em todos os cultos. No primeiro domingo é dada aos pais uma devocional bem simples com o versículo-chave. No segundo domingo os bebês recebem uma lembrancinha referente ao tema fixando o versículo.
A hora do tapete é um tempo curto, onde louvamos e aprendemos sobre o amor de Deus. Tapetes coloridos e de formatos diferentes são espalhados e os bebês já sabem que algo especial vai acontecer.
__________na entrada do berçário um pequeno ___________decorado informando o __________a ser ministrado.
Peça a________________ das voluntárias para recolher brinquedos e convide os andadores para ajudar na distribuição dos tapetes, sente-se promova um ______________________

Não se preocupe se algum bebê de inicio não quiser participar, ganhe sua______________ aos poucos, logo ele estará participando, este momento deve ser de __________________ e não de obrigação.



1______ (Missões): É o momento de ___________onde passamos ao bebê verdades bíblicas. Neste momento, é preciso ter conhecimento claro do tema. Ele pode ser contado com ajuda de fantoches, flanelógrafo, brinquedos do próprio berçário, figuras e instrumentos que ajudem na fixação do conteúdo. Dê preferência a materiais duráveis, grandes, coloridos, plastificados e de fácil manuseio.
2. _______(Discipulado): Ensinamos o bebê a ter _________ com Deus através de uma oração com linguagem simples. Ensine-o a orar, fechando os olhinhos, unindo as mãos ou colocando a mãozinha no coraçãozinho.
3__________________(Adoração): Passamos a alegria de_____________ e adorar a Deus. Repita sempre a mesma música durante o mês, participe cantando e ensinando a fazer os gestos. Antes de encerrar o momento da hora do tapete, cante uma música que possa encaixar os nomes dos bebês e conforme for cantando, indique a criança da qual está falando, isto fará com que ela se sinta importante, especial e única.

Procure músicas que fazem parte do _______________do bebê.


4.________ (Comunhão): Entram em contato com o tema, _______________compartilham.

Através do brincar eles estarão vivenciando situações em que poderemos falar do amor de Deus . Esteja __________quando estiver com as crianças, esteja sempre ______________


5.________ (Serviço): Reforça o tema com devocional ou lembrancinha, fixando o _____uns aos outros.
O objetivo do berçário é criar no bebê o hábito de ouvir sobre a palavra de Deus,

Fazer com que o bebê se veja como Deus o vê, dando-lhe um senso estável de si mesmo, desenvolvendo nele um senso de pertencer, de valor e de competência e assim ter __________

Assim como os pais são ministrados no culto, o bebê é ministrado em um espaço com uma linguagem própria para sua idade.

O menino crescia e se fortalecia, enchendo-se de sabedoria e a graça de Deus estava sobre ele” Lc. 2:40



Bibliografia

Ribeiro, Fabiano. Crianças e Juniores. São Paulo. Editora Vida. 2004.

Jutila, Craig. Ministério de Crianças com Propósitos. São José dos Campos. Propósitos Treinamento e Recursos. 2003.

Fuller, Cheri. Os Horizontes Espirituais da Criança. São Paulo. Editora Vida. 2003.

Fuller, Cheri. Opening Your Child´s Nine Learning Windows. Zondervan, 1999.

Jutila, Graig. 4 Princípios Fundamentais para Líderes de Ministério Infantil. São Paulo: Vida, 2004.

Lefever, Marlene. Estilos de Aprendizagem. 3° edição. Rio de Janeiro: CPAD, 2005.

Molochenco, Madalena de Oliveira. Curso Vida Nova de Teologia Básica: Educação Cristã. São Paulo: Vida Nova, 2007.

Tobias, Cyntia Ulrich. Como as Crianças Aprendem. São Paulo: Mundo Cristão, 2005.

Contato : silmaracl@ig.com.br, isamarcyn@gmail.com
Visão

Ganhar crianças e juniores para Jesus, conduzindo-os a uma vida de intimidade com Deus


Missão

Nosso ministério existe para capacitar e inspirar crianças e juniores a :



Servirem a Deus e as pessoas (serviço)

Avançarem para o alvo de sermos como Jesus (discipulado)

Levarem a luz de Jesus para seus amigos (missão)

Viverem em união com a família de Deus (comunhão)

Alegrarem o coração de Deus (adoração)

Restaurarem suas famílias (foco do ministério está no desenvolvimento da criança)
Valores
Ensino divertido e relevante

Suporte aos pais

Pastoreio intencional

Inovação

Respeito a individualidade

Identidade

Transparência

Otica da criança
Segurança física, emocional e espiritual

Amizade

Norte nas decisões

Treinamento contínuo

Otimismo

Respostas

Pag 2

sentidos


observando

estímulos

até os dois anos

Pag 3

fetal


lúdica

curiosidade

estranhar

brinquedos

passinhos

brinquedo

habilidades

expressões

frases

conversar



Pag.4

fixas


confiante

cativante

avaliação

identifique

nome do bebê

rotina


segurança

restrição

horário

ore


converse

trocar a fralda

lavar as mãos

checado com carinho

ministrar

fale


importante e amado

abaixe


firme

observando

seu rosto


Pag.5

grande alegria

experimentar

cinco sentidos

um toque

Pag.6

cheiro


paisagem

sons


sabores

fixe


cartaz

colaboração

ambiente agradável

atenção


alegria e diversão

falar


evangelização

Pag.7

orar


intimidade

cantar/ficar feliz

louvar

cotidiano



brincar

criam laços

atento

presente


levar

servir


auto estima estável




PROCEDIMENTOS DO BERÇÁRIO







Versão: 1ª versão

Início:

Fim:




Índice geral





Instruções para se tornar um voluntário

pag. 3

Alimentação: orientações

pag. 4

Hora do tapete (ministração)

pag. 5

Troca de fralda/banho

pag. 6

Responsabilidades: líder de horário

pag. 7

Responsabilidades: voluntários (adultos)

pag. 8

Responsabilidades: voluntários adolescentes

pag. 9

Responsabilidades: voluntário da Recepção

pag. 10

Regras gerais

pag. 11

Relatórios gerais/celebração

sequencia (depois pag. 11)


Requisitos para servir:

- Ser membro da Igreja

- Estar inserido em uma Célula

Alimentação: orientações

- Recepção do bebe (até, no máximo, 30 minutos após o início do culto);

- coleta de dados (livro de registros);

- cadastro de entrada (computador);

- identificação: criança, responsável e bolsa (pulseiras)

- Alimentação

- exceto bolachas/biscoito, toda alimentação deve ser dada individualmente (1 criança por voluntário) com a criança sentada na cadeirinha

- nunca deixar uma criança sentada no cadeirão e se afastar sem que seja solicitado que outra pessoa fique de olho na criança;

- horário: conforme orientação deixada pelo responsável pela criança

- Frutas/suco da igreja: também pode ser oferecido à criança, principalmente se o responsável não deixou nenhum alimento p/ criança;

- durante todo o culto pode ser oferecido bolacha/biscoito de maisena as crianças, tomando o cuidado p/ que não seja entregue p/ crianças com alergia (PULSEIRA AMARELA);

- para consumo da bolacha ou biscoito, não é necessário sentar na cadeira.

- juniores e adolescente não podem, em hipótese alguma, dar papa ou mama p/ nenhuma criança (somente biscoito/bolacha);

- é de responsabilidade do líder de horário verificar o horário de alimentação de cada criança e, caso necessário, pedir que algum voluntário de o alimento (é expressamente proibido que juniores/adolescente faça essa atividade);

- não é permitido utilizar a mesma colher ou copo p/ crianças diferentes (sem que o mesmo seja devidamente lavado);

- assim que finalizada a alimentação, o recipiente/colher devem ser lavados e guardados imediatamente na bolsa da criança (p/ evitar esquecimento e/ou troca de recepientes);



Obs.: caso alguma mãe peça p/ entrar somente p/ amamentar um bebe (que não está no Baby), solicitar que a amamentação seja realizada na sala de amamentação (porém, sempre permitir a entrada de mães cujo bebe está no Baby - somente no caso de amamentação no peito).

Hora do tapete: ministração (10 minutos: oração e adoração)

- preparar material ilustrativo;

- desligar TV;

- agrupar todas as crianças em circulo (sem exceção);

- não permitir que criança seja retirada do Baby nesse momento (mesmo que a criança esteja chorando, nesse caso, pedir p aguardar);

- não é permitida a entrada de ninguém nesse horário (nem mesmo de pais).



Troca de fralda/banho:

- verificar todas as crianças, conforme orientação do líder do horário;

- dar preferencia p/ uso de fraldas deixadas pelo responsável (bolsa do bebe);

- caso o responsável não tenha deixado fralda, nesse caso, poderá ser utilizada fraldas do ministério (o mesmo vale p/ lenços umedecidos e talco);

- se julgar necessário o banho do bebe, conversar com o líder do horário e em comum acordo decidir quem dará o banho (se o voluntário ou o líder do horário);

- após trocar a fralda, colocar etiqueta ‘Baby, com carinho’.

- Juniores/adolescentes não podem fazer essa atividade;

- Homens (mesmo que adultos) também não podem realizar essa atividade.



Obs.: a troca de fralda não precisa ser comunicado a mãe, porém o banho sim, assim como o motivo.

Responsabilidades dos líderes de horário

- chegar, no mínimo, 15 minutos antes do início do culto;

- abrir e inspecionar todas as salas (tomar devidas providencias, caso seja necessário);

- recebimento e entrega de crianças (exclusivamente pelos líderes de horário);

- distribuir/organizar tarefas entre os voluntários de forma a garantir que seja cumprida a necessidade de alimentação/troca de todas as crianças;

- ministrar ou eleger alguém p/ ‘hora do tapete’;

- solicitação de anuncio da criança, quando necessário (exclusivamente pelos

líderes de horário);



  • ENTREGAR O BEBÊ MEDIANTE A APRESENTAÇÃO DA PULSEIRA DE IDENTIFICAÇÃO.

- dar todas informações referente a eventual esclarecimento solicitado pelo responsável pela criança

- informar ao responsável pela criança sobre eventual ocorrência;

- oração no final do culto com todos os voluntários;

- preenchimento do relatório geral.

- inspeção geral e fechamento, com chave, após o encerramento do culto.

Responsabilidades dos voluntários (adultos)

- alimentação, conforme solicitação do líder do horário;

- troca, conforme orientação do líder do horário (em casos extremos será permitido o banho da criança, porém, nesse caso o ideal é comunicar o líder);

- tapete, quando solicitado pelo líder do horário;

- organizar o ambiente no final do culto (brinquedos);

- colocar todas as bolsas no balcão da recepção 15 minutos antes do horário de encerramento do culto.



Não realizar:

- solicitação de anuncio de criança (deve ser realizado somente pelo líder do horário);

- recebimento e entrega de crianças (deve ser realizado somente pelo líder do horário);

Reponsabilidades de adolescentes

- brincar com as crianças, preferencialmente na salinha das crianças que já andam;

- organizar o ambiente (brinquedos) próximo do horário de encerramento do culto;

- colocar todas as bolsas no balcão da recepção 15 minutos antes do horário de encerramento do culto, conforme solicitação do líder de horário.



Não realizar:

- recebimento e nem entrega de crianças (em hipótese alguma);

- alimentação;

- troca de fralda ou roupa/banho.



Responsabilidades do voluntário da Recepção

- chegar no local, no mínimo, 15 minutos antes do inicio do culto;

- cadastro da criança, no sistema, quando primeira vez;

- Recepção do bebe (até, no máximo, 30 minutos após o início do culto);

- coleta de dados (livro de registros);

- cadastro de entrada (computador);

- identificação da criança, do responsável e bolso (pulseiras);

- caso solicitado pelo líder de horário, ir até a recepção e solicitar o anuncio de criança pelo telão.

- explicar e fornecer informações necessárias p/ pessoa interessada em servir no ministério (primeiro tema dessa cartilha) e coletar os mesmos dados que até o final do culto deve ser entregue ao líder do horário;



Não realizar

- anuncio de criança, caso não seja solicitado pelo líder do horário;

- recebimento e entrega de crianças (deve ser realizado somente pelo líder do horário);

Regras Gerais:

- idade: de 3 meses até completar 2 anos;

- recebimento até, no máximo, 30 minutos após inicio da celebração;

- no máximo 4 crianças por voluntário (dependendo da idade das crianças, a ser definido pelo líder de horário);

- PROIBIDA a entrada com sapato;

- PROIBIDA a entrada de carrinho de bebe;

- Permitida a entrada de bebe conforto;

- caso a criança não esteja no baby, não é permita a entrada de mãe com criança p/ troca ou amamentação (orientar que nesse caso, a mãe deve ir até a sala de amamentação);

- é permitido que seja esquentada no micro-ondas (pelo líder de horário) papinha ou mama de crianças que não estão no Baby (já que no momento não tem outro micro-ondas na sala de amamentação);

- Acompanhante: será permitida a entrada somente nas 4 primeiras vezes (porém não será permite entrada após saída, ou seja, o responsável pela criança, assim como a criança pode entrar somente 1 vez por celebração);



Através do cadastro o sistema irá gerar um número permanente para o bebê, em todas as celebrações, quando os pais chegarem na recepção é só apresentar o número que será confirmado no sistema, e servirá também para constar a entrada do Bebê no Berçário.



Após a verificação do número é colocado a pulseira de identificação no tornozelo do bebê, outra no braço do responsável e outra na bolsa do bebê. Os pais só poderão retirar o bebê mediante a apresentação da pulseira. (motivo de segurança). OBS: Pulseira na cor laranja para os não alérgicos e pulseira na cor amarela para os alérgicos.



Caderno: Especificar nome do bebê, número, telefone do responsável, cor da bolsa, cor da chupeta, se é alérgico ou não e a que, hora do mamá, papá ou lanchinho, se o bebê aceitou ou não o que foi oferecido. Para se organizar e relatar aos pais quando perguntarem.



Hora do Tapete: Momento em que a palavra de Deus é Ministrada para os bebês com uma linguagem de acordo com a idade, usamos objetos dentro do tema para que fique ainda mais claro e fixada na mente do bebê.



Devocional: No inicio da série entregamos para os pais uma ilustração com tema Ministrado dentro do Berçário.



Lembrancinhas: São entregues no término da série de mensagem. Llembrando que, tem que ser feito de acordo com o tema Ministrado.
Download 96.35 Kb.

Share with your friends:




The database is protected by copyright ©ininet.org 2020
send message

    Main page